Estamos migrando o conteúdo do antigo portal da PMPA. Se não encontrar o que está procurando, tente visitar o site antigo (link abre em nova janela).
Transporte e Circulação

Prefeitura trabalha para minimizar transtornos da chuva

05/04/2019 09:20
Brayan Martins / PMPA
Chuvas causam problemas no trânsito da Capital
Agentes foram deslocados para os locais mais críticos e com risco de acidentes

 

Equipes da prefeitura trabalharam nesta sexta-feira, 5, para minimizar transtornos da chuva na Capital. A Empresa Publica de Transporte e Circulação (EPTC) registrou alguns pontos com acúmulo de água e 27 semáforos ficaram fora de operação em função da falta de energia elétrica. Agentes foram deslocados para os locais mais críticos e com risco de acidentes. Não houve nenhum bloqueio total. 

As Equipes de Manejo Arbóreo (EMA), da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb), atenderam pelo menos 15 casos envolvendo quedas de árvores ou galhos. Quatorze equipes deram prioridade para vias com bloqueio total ou parcial. Profissionais das equipes de zeladoria urbana do DMLU trabalharam na limpeza e no recolhimento do lixo espalhado em vias. Dezoito equipes da Coordenação de Águas Pluviais (CAP) atuaram em casos de alagamento ou acúmulo de água. 

A população pode comunicar sobre problemas pelo Sistema Fala Porto Alegre, no telefone 156.

 

Dados sobre árvores 

 

- 15 casos de quedas de árvores ou de galhos de grande porte registrados 

 

- 14 equipes trabalhando e priorizando a liberação de vias bloqueadas. A Rua Luzitana, que foi o mais grave, já está liberada 


Dados sobre alagamentos 

 

Centro 

8 vias alagadas mas já liberadas e 2 semáforos ainda fora de operação

 

Leste

3 vias alagadas já liberadas

1 semáforo ainda fora de operação

 

Norte

11 vias alagadas sendo 4 ainda com bloqueio parcial

 

Sul

6 vias alagadas todas liberadas

1 semáforo ainda fora de operação

 

- 18 equipes do antigo DEP estão priorizando a desobstrução e reparos em redes onde houve a maior parte dos problemas

 

Todas as casas de bombas funcionaram dentro de suas capacidades operacionais. O bairro Santa Maria Goretti (região que precisa das obras de macrodrenagem do Arroio Areia) chegou a registrar acúmulo de água, mas baixou em cerca de uma hora.


Defesa civil

 

Conforme dados da Defesa Civil de Porto Alegre, a média de chuva das últimas 24 horas foi de 46,78 milímetros. A precipitação acumulada até a manhã desta sexta-feira chegou a 59,97 milímetros na Restinga e 59,1 milímetros no bairro Cristal. A média histórica de chuvas do mês é de 86,1 milímetros. Veja os acumulados de chuva das últimas 24 horas até a manhã desta sexta, em diversos pontos da cidade:

 

·  Restinga: 59,97mm

·  Cristal: 59,1mm

·  Cidade Baixa: 58,86mm

·  Partenon: 51,71mm

·  Protásio Alves: 39,88mm

·  São João: 30,36mm

·  Belém Velho: 27,59mm

Gabriela Duarte Jackson lagoas e Denise Righi

Matheus Beust