Estamos migrando o conteúdo do antigo portal da PMPA. Se não encontrar o que está procurando, tente visitar o site antigo (link abre em nova janela).
Assistência Social e Cidadania

Fasc qualifica turma de entrevistadores sociais

18/09/2019 10:06
Luis Adriano Madruga/FASC PMPA
FASC
Profissionais completam uma equipe de 62 entrevistadores sociais

Os oito novos entrevistadores da Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc) estarão atuando, até o final do mês, nos diferentes Centros de Referência de Assistência Social (Cras). Eles terão como função principal realizar o atendimento do Cadastro Único, que atualmente está com alta demanda devido aos favorecidos do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

O BPC é um benefício do governo federal que proporciona renda no valor de um salário mínimo para pessoas com deficiência de qualquer idade ou para idosos com idade de 65 anos ou mais que apresentam impedimentos de longo prazo, de natureza física, mental, intelectual ou sensorial e que, por isso, possuem dificuldades para a participação e interação plena na sociedade. “Muitas pessoas que recebem o BPC não fizeram ou atualizaram o Cadastro, conforme as datas informadas pelo Governo Federal. Com isso, aumentaram as demandas de atendimento nos Cras”, explica a coordenadora de Gestão de Benefício e Cadastro Único da Fundação, Heloísa Saldanha.

A capacitação está sendo realizada durante quatro dias - 16, 17, 23 e 24 - , manhã e tarde, na sede da Fasc. Os profissionais completam uma equipe de 62 entrevistadores sociais. Além de obter orientações sobre o correto preenchimento do formulário do Cadastro Único e conhecer os conceitos que o fundamentam, a capacitação de entrevistadores tem ainda como objetivo qualificar o serviço prestado na gestão dos programas sociais executados pelos governos federal, estadual e municipal. “Ao qualificar a coleta de dados e a prestação de serviços na área, os programas sociais serão melhor direcionados para as famílias que realmente precisam dos benefícios. É através desse cadastro que as pessoas têm acesso aos programas de transferência de renda”, destaca Heloísa.

O entrevistador social é responsável por registrar e controlar o fluxo de documentos e as rotinas de trabalho nos bancos de dados relativos ao Cadastro Único. Além disso, cabe também a esse monitorar e arquivar processos decorrentes da operacionalização dos sistemas e dos dados registrados em documentos, formulários físicos, eletrônicos e nos sistemas online relacionados ao Cadastro Único.

  

 

Mariana Caldieraro

Taís Dimer Dihl

Acompanhe a prefeitura nas redes