Estamos migrando o conteúdo do antigo portal da PMPA. Se não encontrar o que está procurando, tente visitar o site antigo (link abre em nova janela).
Comunicação Social

POA Solidária define estratégia de comunicação

30/11/2018 16:08
Alex Rocha/PMPA
COMUNICAÇÃO
Secretário Orestes de Andrade Jr. reuniu-se com as coordenadoras do programa

A equipe de coordenação do Programa POA Solidária esteve reunida na manhã desta sexta-feira, 30, com o secretário municipal de Comunicação Social, Orestes de Andrade Jr. No encontro, começou a ser definida a estratégia de comunicação para as ações desenvolvidas pela iniciativa. Formado por uma rede suprapartidária e colaborativa de mulheres ativas e engajadas,o POA Solidária tem como objetivo captar recursos para doações diretas de bens ou serviços e impulsionar projetos municipais para transformar a realidade das pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social. 

Os eixos escolhidos nesse primeiro momento foram Educação e Saúde. Espaçadores e um venoscópio já foram doados para o Hospital Materno Infantil Presidente Vargas. Além disso, as integrantes do POA Solidária conseguiram a doação de uma unidade móvel para a saúde. O primeiro orçamento para a Unidade Móvel de Saúde foi de R$ 1 milhão e as solidárias conseguiram por R$ 630 mil com as mesmas especificações. "O POA Solidária é um programa em que a causa está acima das ideologias", destaca uma das idealizadoras do programa, Vânia Gonçalves de Souza.

Unidade Móvel de Saúde - A unidade circula pela Capital atendendo principalmente as regiões de difícil acesso, com moradores impossibilitados de receber atendimento médico ou que não conseguem se deslocar até uma unidade de saúde. A previsão é que mais de 10 mil pessoas sejam beneficiadas anualmente, incluindo os moradores em situação de rua, idosos que vivem em zonas rurais e comunidades muito afastadas dos centros urbanos.

 A estrutura comporta uma equipe de Estratégia de Saúde da Família, com capacidade para realizar 5 mil consultas médicas e 5 mil atendimentos de enfermagem ao ano, oferecer vacinas, curativos, procedimentos e medicamentos, além de exames rápidos como testes de gravidez e de infecções sexualmente transmissíveis, entre outros atendimentos para usuários do SUS da Capital.

Participaram da reunião, além do secretário Orestes de Andrade Jr, a equipe do POA Solidária da prefeitura  formada por Denise Souza Costa e Vânia Gonçalves de Souza, coordenadoras do setor de projetos sociais da Secretaria Municipal de Relações Institucionais (SMRI), Luciane Adami e Kelly De Oliveira, da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão (SMPG), Camila Ferro, da Comunicação da Secretaria Municipal de Relações Institucionais (SMRI) e Carina Bernardi, do Gabinete de Comunicação Social.

 

Gilmar Martins