Estamos migrando o conteúdo do antigo portal da PMPA. Se não encontrar o que está procurando, tente visitar o site antigo (link abre em nova janela).
Executivo

Prefeito e ministros definem questões relativas à nova ponte do Guaíba

11/01/2019 20:10
Jefferson Bernardes/PMPA
EXECUTIVO
Município será responsável sobre política habitacional para os reassentamentos

O prefeito Nelson Marchezan Júnior participou na tarde desta sexta-feira, 11, de uma reunião com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e o ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, general Carlos Alberto dos Santos Cruz. O encontro, realizado no canteiro de obras da nova ponte do Guaíba, serviu para traçar um alinhamento com as autoridades do governo federal e a prefeitura sobre alguns aspectos importantes a respeito do término da construção. Ficou definido que o Executivo municipal é o responsável pelas diretrizes da política habitacional quanto aos reassentamentos ainda necessários para a conclusão da ponte. Ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) cabe arcar com os custos dos reassentamentos. 

A nova ponte do Guaíba começou a ser construída ainda em 2014 e poderá ser entregue em dezembro de 2019 caso a realocação das famílias que residem nas áreas impactadas pela obra seja resolvida. A afirmação foi feita pelo superintendente do Dnit-RS, Allan Magalhães Machado. Até o momento, 78% da obra de construção da nova ponte já estão prontos, porém ainda precisam ser executados os reassentamentos das famílias moradoras nas vilas Tio Zeca e Areia e a conclusão dos acordos com as famílias da Ilha do Pavão e Ilha dos Marinheiros. 

Também participaram da reunião o secretário estadual de Logística e Transportes, Juvir Costela; o procurador-adjunto do município Nelson Marisco; a coordenadora do Escritório de Licenciamento Patrícia Tschoepke e o diretor-adjunto do Demhab, Emerson Correa.

 

Ivani Schutz

Gilmar Martins