Estamos migrando o conteúdo do antigo portal da PMPA. Se não encontrar o que está procurando, tente visitar o site antigo (link abre em nova janela).
Meio Ambiente e Sustentabilidade

Prefeitura e ONU-Habitat selam acordo para revisar Plano Diretor

08/08/2019 20:31
Cesar Lopes / PMPA
EXECUTIVO
Parceria para reformulação do plano terá apoio do Pacto Alegre

A prefeitura de Porto Alegre assinou nesta quinta-feira, 8, com a ONU-Habitat, programa das Nações Unidas para as atividades relacionadas a assentamentos humanos, o Memorando de Entendimentos que viabilizará a cooperação técnica do organismo internacional na revisão do Plano Diretor de Porto Alegre. A reformulação também terá apoio do Pacto Alegre, agenda estratégica desenvolvida para transformar a Capital em referência em inovação. 

O Plano Diretor é um instrumento de organização da cidade para desenvolver o bem-estar, segurança, mobilidade, acessibilidade, integração e convívio das pessoas. Assim que fechar a parceria nas próximas semanas, Porto Alegre pode se tornar um exemplo de inspiração a outras grandes cidades. A ONU-Habitat também acompanha a revisão de planos diretores de capitais como Belo Horizonte, Fortaleza e Rio de Janeiro. 

Para o prefeito Nelson Marchezan Júnior, o projeto é transformador e mobiliza o trabalho conjunto em benefício da cidade. “Esta é uma oportunidade extraordinária de trazermos as façanhas do mundo para cá e levarmos nossa cidade para o mundo”, ressalta. Segundo ele, o projeto não serve apenas à sociedade civil organizada, mas ouve a todos para mudar a vida de quem não tem voz.

O secretário municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams), Germano Bremm, destaca que a pasta vem trabalhando internamente, desde 2016, no processo de revisão do Plano Diretor, instituído pela Lei Complementar 434/99 e, posteriormente, alterado pela Lei Complementar 646/2010. “Em outubro de 2017, foi feito um workshop com os conselheiros do CMDUA, que resultou em 12 temas prioritários e iniciais que serão debatidos ao longo da revisão do Plano Diretor. Com o apoio da ONU Habitat, queremos que a cidade se integre aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.”

De acordo com o coordenador do Pacto Alegre, Luiz Carlos Pinto da Silva Filho, um processo de inteligência e construção coletiva está em desenvolvimento. “Buscamos de forma conjunta transformar a cidade e buscar mais qualidade de vida para estimular a retenção dos talentos”, afirma. 

Na avaliação do colombiano Elkin Velásquez, diretor regional da ONU-Habitat, a Capital gaúcha deu um importante passo de pensar o futuro devido ao seu potencial para transformar. “É muito difícil encontrar outras metrópoles tão determinadas a revisar o Plano Diretor levando em consideração o ser humano e a sustentabilidade”, diz.

A diretora de Planejamento Urbano e Sustentável da Smams e gerente do processo de revisão do plano diretor, Patrícia da Silva Tschoepke, destaca que o plano diretor precisa ser trabalhado numa escala chamada de intermediária, com enfoque nos bairros a fim de valorizar os anseios locais e a identidade da população, bem como a sensação de pertencimento.

Cesar Lopes / PMPA
EXECUTIVO
Marchezan:projeto é transformador e mobiliza o trabalho conjunto em benefício da cidade.

Prazos - A prefeitura prepara minutas prévias que irão gerar dois projetos de leis complementares a serem entregues na Câmara Municipal. A primeira, a minuta Prévia Estratégica, que abordará a revisão do Plano Diretor, tem previsão de entrega em março de 2020. A segunda, que contem o Detalhamento de Áreas da Cidade na Escala Intermediária e valida as diretrizes da primeira minuta, será entregue até novembro de 2020.

Participação - Além das oficinas, audiências públicas e conferências, ferramentas on-line serão disponibilizadas para ampliar a participação e manter canais de comunicação permanentemente abertos durante o processo de revisão. A primeira consulta pública para identificar os temas mais relevantes para a população já está disponível e pode ser acessada até o dia 9 de setembro de 2019 aqui.

ONU-Habitat - É a agência de coordenação dentro do Sistema das Nações Unidas para as atividades relacionadas a assentamentos humanos e, em colaboração com os governos, é responsável por promover e consolidar a cooperação com todos os parceiros, incluindo autoridades locais, organizações privadas e não-governamentais para a implementação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), em especial, do Objetivo 11 (Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis).

Pacto Alegre - Movimento originado através de parceria entre Município de Porto Alegre e a Aliança Para Inovação de Porto Alegre (UFRGS, PUCRS e Unisinos), que promove articulação e eficiência na realização de projetos transformadores e com amplo impacto para a cidade. O objetivo é criar condições para que a cidade se transforme em um polo de inovação, atração de investimentos e empreendedorismo. A ideia é unir forças da cidade, de todos os segmentos, em prol de uma agenda comum.

 

 

Gonçalo Valduga

Andrea Brasil