Estamos migrando o conteúdo do antigo portal da PMPA. Se não encontrar o que está procurando, tente visitar o site antigo (link abre em nova janela).
Cultura

Museu Joaquim Felizardo retoma o projeto Caixas de Memórias POA

13/08/2018 19:19
Divulgação
Projeto Caixas de Memórias POA consiste em caixas itinerantes que percorrem as escolas municipais
Projeto busca incentivar discussão sobre patrimônio cultural da cidade e favorece construção da cidadania

O museu de Porto Alegre Joaquim Felizardo, rua João Alfredo, 582, Cidade Baixa, retoma o projeto Caixas de Memórias POA que consiste em caixas itinerantes que percorrem as escolas municipais. O objetivo é proporcionar experiências educativas que ampliem os significados sobre o patrimônio cultural da cidade e que propiciem o desenvolvimento de laços de pertencimento dos estudantes para com a sua cidade. 

O projeto busca incentivar a discussão sobre o patrimônio cultural da cidade e favorece a construção da cidadania dos estudantes envolvidos, incentivando os alunos a compreenderem suas memórias e histórias e a relacioná-las às ações produzidas no presente. 

As Caixas de Memórias POA contém diversos materiais educativos como livros de história e literatura, fotografia, mapas, CDs e DVDs, folders, catálogos e cartões postais, entre outros materiais relativos à história e cultura da cidade. As Caixas são dividas nas temáticas:

Caixa 1 – Porto Alegre e suas etnias
Caixa 2 – ruas e lugares de Porto Alegre
Caixa 3 – literatura e música de Porto Alegre
Caixa 4 – artes e artistas de Porto Alegre
Caixa 5 – bairros de Porto Alegre
Caixa 6 – história e geografia de Porto Alegre

Como funciona - As Caixas são retiradas pelos professores e levadas para as escolas onde permanecem durante 15 dias, sendo que esse prazo pode ser ampliado quando solicitado. Os professores exploram o material disponível nas caixas e planejam atividades para serem desenvolvidas em sala de aula. As atividades desenvolvidas são registradas em um Diário de Bordo que acompanha o material. Para empréstimo das Caixas de Memórias POA basta enviar e-mail para o Setor Educativo do museu. 

 

Denise Righi