Estamos migrando o conteúdo do antigo portal da PMPA. Se não encontrar o que está procurando, tente visitar o site antigo (link abre em nova janela).
Educação

Smed apresenta novo Adote um Escritor a editoras e distribuidoras

14/03/2019 17:49
Manoelle Duarte/SMED PMPA
EDUCAÇÃO
Novo modelo passa a dar maior protagonismo à escola na escolha das obras

Após o encontro com autores, no início da semana, a Secretaria Municipal de Educação (Smed) reuniu-se com 32 representantes de editoras e distribuidoras, nesta quinta-feira, 14, para apresentação do novo formato do Adote um Escritor. Essa é a primeira vez que a secretaria congrega os principais atores do programa em sua fase preparatória. Desde o ano passado, o Adote passou a funcionar por adesão direta à Smed, sem intermediários. O objetivo é democratizar o acesso e diversificar o número de parceiros, oportunizando a participação de autores independentes e pequenas editoras. Os recursos, já garantidos, somam R$ 580 mil.
 

Desenvolvido há 17 anos na rede municipal de ensino, o Adote é uma das ações que compõe a política de fortalecimento da leitura da Smed, agora dentro do Redes pela Leitura. Consiste, em sua essência, no encontro do autor adotado com os estudantes que trabalharam seus livros em sala de aula durante o ano. A visita à escola para atividades pedagógicas relacionadas ao autor e sua obra é a culminância do programa, presente nas 99 escolas da rede.


De acordo com o secretário Adriano Naves de Brito, o novo modelo passa a dar maior protagonismo à escola na escolha das obras a serem trabalhadas com os alunos. 

“Queremos dar a chance aos professores de eles próprios selecionarem os livros que desejam, de acordo com a sua dinâmica e seu projeto para a turma”, diz. 

“Mas só poderemos progredir com o suporte das distribuidoras e editoras, que assegurarão a sustentabilidade do programa”, completa, acrescentando que as 216 escolas da rede comunitária também integram a política de leitura da Smed.
 

Já a diretora pedagógica, Maria Cláudia Bombassaro Callegari, salientou que a Smed tem como meta melhorar a competência leitora dos alunos, o que está atrelado à garantia de acesso ao livro. 

“Tivemos um experiência com o livro digital, que resultou em uma média de 65 livros lidos em quatro meses, aumentando também a frequência de alunos nas bibliotecas e o interesse pelo livro físico”, informou.
 

Para participar do Adote, os autores, editores e distribuidores deve preencher um formulário, apresentando a produção literária e os livros à disposição. As informações constarão de um catálogo organizado pela coordenação do Redes pela Leitura que será encaminhado às escolas. 

Após a seleção dos livros pelos professores, as respectivas editoras ou distribuidoras são acionadas para que ofereçam as publicações diretamente às escolas. A aquisição está prevista para ocorrer em abril. Conforme salientou o secretário, os recursos do Adote distribuídos às escolas podem ser utilizados não só para compra de obras dos autores adotados, como também para o acervo das bibliotecas escolares e visita à Feira do Livro de Porto Alegre. 
 

Outras informações para participação no programa podem ser obtidas na Biblioteca da Smed, pelo telefone (51) 3289-1965 e e-mail biblioteca@smed.prefpoa.com.br. Na terça-feira, 12, ocorreu o encontro com os autores.

Acesse os formulários de adesão:

Autores

Editoras e Distribuidoras

 

Cristina Lac

Matheus Beust