Estamos migrando o conteúdo do antigo portal da PMPA. Se não encontrar o que está procurando, tente visitar o site antigo (link abre em nova janela).
Relações Institucionais

Eleição define nova Coordenação do Orçamento Participativo

03/04/2019 09:10
Luciano Lanes/PMPA
RELAÇÕES INSTITUCIONAIS
Eleitos são os representantes de todos os 92 conselheiros do OP

A eleição que definiu a nova Coordenação do Orçamento Participativo (COP), composta por oito conselheiros, para o mandato 2019/20, ocorreu na noite da última terça-feira, 2. Nove pessoas disputaram o pleito. Oito pessoas assumem o cargo como titulares. Dois representantes de cada uma das 17 regiões e das 6 temáticas participaram da votação, totalizando 46 votantes. Cada um podia votar em até oito nomes.

 


Os eleitos foram:
 
1. 45 votos - Kelly Ramos da Silva, Região 8 - Restinga
2. 43 votos - Laura Elisa Machado, Região 14 - Eixo Baltazar
3. 42 votos - Tarcísio Falconi da Cunha, Temática de Saúde e Assistência Social
4. 42 votos - Dinar Melo de Souza, Temática da Cultura e Juventude
5. 42 votos - Pedro Cláudio Pandolfo, Região 12 - Centro-Sul
6. 42 votos - Leandro dos Santos, Temática Educação, Esporte e Lazer
7. 40 votos - Jairo Pereira, Temática de Circulação, Transporte e Mobilidade Urbana
8. 36 votos - Raquel Cristina da Silva Souza, Região 6 - Centro

 

O mandato dos eleitos terá duração de aproximadamente um ano. As eleições ocorrem sempre à partir da quarta reunião do COP, contando após a escolha dos novos conselheiros, que ocorre ao final de cada ano.
 

De acordo com o Secretário Executivo do COP José Carlos Serpa Pingo Vilar, os coordenadores eleitos são os representantes de todos os 92 conselheiros do OP, e tem como função: marcar reuniões, chamar secretarias para dar explicações ao COP e convocar secretários de qualquer uma delas, quando pautados pelos demais conselheiros. Segundo ele, “a coordenação é o elo entre todas as secretarias, o governo e os conselheiros”.

Camila Ferro

Fabiana Kloeckner